Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

cduriotinto



Domingo, 21.08.11

VISITA CDU AO MERCADO DA AREOSA (provisório)

A CDU desde sempre esteve atenta à situação do mercado da Areosa. Foi esta força política que pediu o agendamento desta matéria na Assembleia Municipal de Gondomar. Também na Assembleia de Freguesia temos tido uma intervenção no sentido de alertar os responsáveis para o constante adiamento da conclusão das obras do novo mercado, uma vez que o impasse prejudica tanto aqueles que têm ali o seu modo de vida, como os próprios consumidores, por o actual mercado não oferecer as melhores condições e que são exigidas por lei.

 

No nosso entender – que é também a opinião dos restantes intervenientes – este assunto arrasta-se há demasiado tempo, fazendo com que todos fiquem a perder. Basta lembrar que durante este eterno adiamento, os comerciantes vêm-se confrontados com quebras nas vendas devido à crise, mas também porque entretanto foram sendo confrontados com a abertura de estabelecimentos do mesmo ramo, exemplo disso, são os três estabelecimentos de venda de fruta e dois talhos de média dimensão que abriram portas na Rua D. Afonso Henriques.

Recentemente a imprensa noticiou que a sua abertura estaria para breve, mas o facto é que os comerciantes nada sabem sobre o que lhes estará reservado, tanto na questão dos preços, como, quem serão os “felizes” contemplados com os lugares disponíveis, uma vez que o novo Mercado Municipal, terá apenas 30 lugares e entre comerciantes e feirantes há cerca de 40.

Nesta visita os eleitos da CDU, constaram a falta de solidariedade por parte das instituições, tanto da Câmara Municipal de Gondomar – que nada ou pouco esclarece – como da Junta de Freguesia, uma vez que o seu Presidente diz: "nada saber sobre o que se irá passar" –, foi o que transmitiram “todas” as pessoas que ali trabalham, tanto à CDU, como à imprensa que nos acompanhou nesta visita.

Por ali paira a desilusão e muitos ponderam mesmo vir a abandonar – ao fim de tantos anos – a actividade, uma vez que estão apreensivas quanto aos preços a aplicar e as condições que lhes poderão vir a ser exigidas.

A CDU, sempre defendeu a requalificação do antigo mercado, na medida em que se tratava de um espaço a preservar, desde que fossem realizadas algumas alterações. Assim não entendeu a Câmara que optou pela destruição de um património que é cada vez mais escasso e que já é habitual em Rio Tinto.

Atendendo a esta situação, a CDU irá fazer um Pedido de Informação à Câmara Municipal, para que esta, esclareça de facto, quais as suas reais intenções, no que diz respeito à mudança e quais as condições que serão exigidas àqueles que poderão vir a ocupar o novo mercado.

Para além disso irá defender a aplicação do Regulamento Municipal, que determina que para estes espaços, o aluguer a aplicar, ronda os 4,00 € por m2.

 

Rio Tinto, 20 de Agosto

CDU – Rio Tinto

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cduriotinto às 14:24



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.