Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

cduriotinto


Domingo, 25.07.21

FÁTIMA PINTO É A CANDIDATA À JUNTA DE FREGUESIA DE RIO TINTO

FatimaPinto2 (2).png

Fátima Pinto, tem 46 anos e é residente em Rio Tinto.
Operária na indústria de marroquinaria.
Participou no MAP – Movimento Associativo de Pais. Fez parte dos órgãos sociais da FAPAG – Federação das Associações de Pais do Concelho de Gondomar. Foi presidente da direcção da Associação de Pais da Escola EB 2/3 de Rio Tinto nº 2 – atual Infanta Dona Mafalda –, da qual fez parte do Conselho Geral.
Foi membro da direção do Grupo Desportivo e Coral de Fânzeres. Participou na secção de hóquei em patins, tendo sido dirigente dos escalões das camadas jovens.
Pertenceu aos órgãos sociais do Centro Social de Soutelo.
É activista social, participou em acções de voluntariado no IPO.
Assumiu funções de eleita em sessões da Assembleia de Freguesia de Rio Tinto, no actual mandato.
É militante do PCP desde 2018 e Membro da Comissão de Freguesia de Rio Tinto.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cduriotinto às 17:05

Domingo, 25.07.21

OBRAS DE REABILITAÇÃO NA AREOSA (RIO TINTO): NOVA OPORTUNIDADE PERDIDA

visita Areosa.png

Hoje, 24 de julho, as candidatas da CDU à presidência da Câmara Municipal de Gondomar, Cristina Coelho, e à Junta de Freguesia de Rio Tinto, Fátima Pinto, acompanhadas de ativistas da CDU visitaram as obras da zona da Areosa (Rua D. Afonso Henriques, Rua das Oliveiras, Rua Heróis da Pátria).

Ainda na fase de consulta pública, a CDU alertou que este seria mais um plano de aparências sem dar resposta às necessidades deste território e da sua população.
O argumento da maioria PS/Marco Martins/Nuno Fonseca é o de que as alterações de circulação fazem parte de uma experiência de três meses. Mas alterações com a amplitude das verificadas não podem nem devem ser feitas em tom de “vamos ver o que dá”. A seriedade e respeito pela população tem de ser a base de qualquer ação dos representantes das autarquias locais. Em três meses, e se essa for a vontade da população, que lições e alterações serão realizadas? A população da Areosa desaprova estas alterações e a CDU está contra as mesmas.
Há anos que defendemos uma intervenção profunda em toda a zona da Areosa e da Triana, por considerarmos que é uma zona que há muito vem perdendo a vitalidade de outros tempos fruto da inação dos executivos PS. Sem esquecer as ruinosas opções de executivos PSD e Valentim Loureiro, sendo exemplos disso a “remodelação” do Mercado da Areosa e a sucessiva perda de serviços públicos de proximidade, como a esquadra da PSP, os CTT ou a delegação da Junta de Freguesia.
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cduriotinto às 16:50

Domingo, 04.07.21

RIO TINTO (RUA DE S. CAETANO): CONSTRUÇÕES EM ZONA VERDE

Zona verde - Rio Tinto1.jpg

A candidata da CDU à Câmara Municipal de Gondomar, Cristina Coelho, acompanhada de eleitos e ativistas da CDU visitaram a rua de S. Caetano, especificamente, o local onde estão a surgir construções em terrenos de zona verde.

A CDU, através dos seus vereadores, já remeteu ao executivo da Câmara Municipal de Gondomar (CMG) o seguinte pedido de informação: "Nas margens do rio Tinto, a Rua de S. Caetano, procederam à escavação de terrenos. Num deles surge um aviso que respeita à comunicação prévia 34/2020/33, para construção de uma habitação unifamiliar. Nos terrenos adjacentes encontram-se placas a indicar que os terrenos estão para venda.
Pelos mapas que tivemos acesso da última revisão do Plano Diretor Municipal (PDM), somos levados a concluir que todos os terrenos desse arruamento, situados do lado do rio Tinto, estão identificados como zona verde. Neste sentido solicitamos que nos informem, se os terrenos referidos, junto à margem do rio Tinto, tem capacidade construtiva. Se tem, quando é que ocorreu essa alteração? "
É urgente que o executivo da CMG esclareça esta situação. Numa altura, em que se discute a revisão do PDM, é vital que a maioria PS /Marco Martins assuma claramente uma política de combate aos abusos sistemáticos sobre o território.
A CDU continuará a reeinvindicar a implementação de uma política urbanística que não esteja subordinada aos interesses da especulação imobiliária.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cduriotinto às 21:52

Quarta-feira, 30.06.21

SESSÃO SOLENE – 26º ANIVERSÁRIO DA CIDADE DE RIO TINTO

Aderito sessão 26º aniversario1.png

Intervenção da CDU na Sessão Solene do 26º Aniversário da cidade de Rio Tinto, que se realizou no passado dia 21 de Junho.

Senhor Presidente da Câmara Municipal de Gondomar

Senhores Presidentes das Juntas e
Assembleias de Freguesia desta cidade

Senhores Eleitos, representantes do associativismo,
outras entidades presentes e senhores convidados

A 21 de Junho de 1995 a Assembleia da República, aprovou a passagem de Rio Tinto a cidade. Como é habitual e tal como manda a tradição mais uma vez nos encontramos para comemorar em união o aniversário da nossa cidade.

Celebramos o crescimento de uma cidade, formada por duas freguesias, independentes e autónomas, mas que têm um percurso histórico comum.

Passado mais de um quarto de século, desde que riotintenses e baguinenses passaram a gozar de autonomia administrativa, mantêm laços comuns, onde se destaca a amizade entre populações, mas também na utilização de alguns serviços, dos quais se destacam os transportes públicos de passageiros, STCP e Metro, Bombeiros Voluntários da Areosa-Rio Tinto, vários serviços públicos, mas também a cooperação entre muitas coletividades.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cduriotinto às 23:08

Quarta-feira, 05.05.21

CRISTINA COELHO CANDIDATA À CÂMARA MUNICIPAL DE GONDOMAR

Cristina Coelho - candidata.jpg

Cristina Coelho, 42 anos, é natural e residente em Valbom, Gondomar.
Licenciada em Geografia e Mestre no Ensino da História pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Tem formação na Área da Educação para a Cidadania e Desenvolvimento Sustentável.
É desde 2001 Professora de Geografia do 3º ciclo e Secundário, leccionando actualmente no Agrupamento de Escolas António Alves Amorim (Lourosa), sendo membro do Conselho Geral. Coordenadora do Programa Eco‐Escolas (Associação Bandeira Azul) desde 2014 nos diferentes agrupamentos em que leccionou.
Activista social, foi dirigente sindical e membro dos órgãos sociais da Associação de Pais da Escola Pinheiro d' Além.
É membro da Comissão Concelhia de Gondomar e Responsável pela Comissão de Freguesia de Valbom do PCP.
Assumiu funções de eleita nas sessões da Assembleia Municipal e na Assembleia de Freguesia da União de Freguesias de Gondomar (S. Cosme, Valbom e Jovim).
 
#CDUPCPPEV #CDU #CDUGondomar #Gondomar #autarquias2021

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cduriotinto às 23:29

Quarta-feira, 28.04.21

25 DE ABRIL - INTERVENÇÃO DA CDU NA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE RIO TINTO

Fatima Pinto.png

Caros Riotintenses,

A Revolução de Abril constitui uma realização histórica do povo português, um acto de emancipação social e nacional.
O 25 de Abril de 1974, desencadeado pelo levantamento militar do Movimento das Forças Armadas (MFA), logo seguido de um empolgante levantamento popular, transformou profundamente toda a realidade nacional. Culminando uma longa e heróica luta, pôs fim a 48 anos de ditadura fascista e realizou profundas transformações democráticas, restituiu a liberdade aos portugueses, consagrou direitos, impulsionou transformações económicas e sociais.
O Poder Local é parte integrante do regime democrático e do seu sistema de poder. É uma conquista que viu consagrada na Constituição da República os seus princípios. Um Poder Local amplamente participado, plural, colegial e democrático, dotado de uma efectiva autonomia administrativa e financeira.
A ampla participação popular e o intenso trabalho realizado pelas comissões administrativas, logo após o 25 de Abril, teve consagração com as primeiras eleições livres para os órgãos das autarquias locais, em Dezembro de 1976. O Poder Local Democrático afirmou-se operando profundas transformações sociais e com importante intervenção na melhoria das condições de vida das populações ena superação de enormes carências, nalguns casos até, excedendo em larga medida as suas competências.
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cduriotinto às 10:41

Sexta-feira, 03.07.20

MOÇÃO – PELA REDUÇÃO DO CUSTO DA ÁGUA E SANEAMENTO EM GONDOMAR

No dia 30 de Junho realizou-se a Assembleia de Freguesia de Rio Tinto. No período Antes da Ordem do Dia, foi apresentada pela CDU uma Moção, que tinha como objectivo sensibilizar a Assembleia para a importância da redução do custo da água para os riotintenses/gondomarenses. Na hora da votação o PS votou contra. As restantes forças políticas votaram a favor.

MOÇÃO
Pela redução do custo da água e saneamento em Gondomar

Gondomar 3 milhoes (1).png

Considerando que:
Em Gondomar, os preços praticados pelos serviços de água e saneamento são dos mais elevados da área metropolitana do Porto e do país.
A empresa Águas de Gondomar (AdG), a quem foi concessionado o Sistema Municipal de Abastecimento de Água e Drenagem e Tratamento de Águas Residuais de Gondomar, faz publicidade ao facto da água da torneira em Gondomar ser reconhecida pela Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) como 100% segura para consumo humano. Mas não divulga que essa mesma entidade tem reiterado pareceres desfavoráveis sobre as propostas das actualizações tarifárias, propondo a sua redução. Em 2019, esta entidade dizia que o “tarifário de referência não está correcto”. Afirmando que “entende fundamental recordar da necessidade de esclarecer o valor e devolução dos montantes cobrados indevidamente nos anos 2014 e seguintes”.
Contudo, por decisão da maioria PS na Câmara Municipal de Gondomar (CMG), em 2019, tal como vem sendo prática, foram aprovados novos aumento do preço/tarifas de água e saneamento, contrariando assim os pareceres negativos da ERSAR.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cduriotinto às 14:33

Terça-feira, 26.05.20

A SITUAÇÃO DA TAP E A REGIÃO

TAP.pngAs notícias mais recentes sobre a reposição de voos pela TAP, com um número muito insuficiente a partir do Aeroporto do Porto não podem iludir, antes confirmam, a questão essencial: a necessidade de um efectivo controlo público da TAP, afirmando-a como companhia de “bandeira”, ao serviço do País e do seu desenvolvimento.

O número de ligações e de voos agora definidos para o Porto não correspondem às necessidades das populações nem da região e reflectem opções de gestão que não colocam como prioridade o desenvolvimento do País como um todo. Na verdade, trata-se de mais um episódio decorrente da ruinosa privatização feita pelo governo PSD/CDS que o governo minoritário do PS nunca quis reverter devidamente, abdicando do necessário controlo público sobre a empresa e da definição estratégica das suas opções.

Sem esquecer nem desvalorizar a gravidade desta decisão, a DORP do PCP coloca a necessidade de uma urgente intervenção pública do Estado, que salve a empresa, mas assuma o seu controlo público, colocando-a ao serviço do País e do seu desenvolvimento.

Porto, 26 de Maio de 2020
O Gabinete de Imprensa da DORP do PCP

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cduriotinto às 21:23

Quarta-feira, 13.05.20

É URGENTE REPOR CARREIRAS E FREQUÊNCIAS DA GONDOMARENSE

Urgente repor carreiras.png

"Face aos muitos protestos sobre o funcionamento da ETG (Empresa de Transportes Gondomarense) a CDU considera urgente a reposição das carreiras e frequências de autocarros.

Tendo em conta o conjunto de medidas que estão a ser consideradas para a retoma da actividade económica, designadamente com o crescente funcionamento da indústria, do comércio e dos serviços, não é aceitável que a Gondomarense não tenha ainda reposto todas as linhas e horários, tendo, pelo menos, como referência o serviço que existia no início de Março.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cduriotinto às 12:15

Segunda-feira, 06.04.20

TRANSPORTES PÚBLICOS – REDUÇÃO PARA LÁ DO ACEITÁVEL

20200117 stcp

PCP exige intervenção para garantir serviço e condições de distanciamento social

A situação decorrente do surto epidémico tem provocado alterações profundas na vida das populações, com redução muito significativa da procura de transportes públicos.

Sendo real a quebra na procura, é igualmente verdade que o país não parou, continuam a funcionar inúmeros serviços essenciais e mantêm actividade várias empresas.

Assim, sendo compreensível uma redução da oferta – desde que devidamente articulada com as autoridades de transportes (municípios e área metropolitana) e atempadamente divulgada – o que verificamos é uma quebra muito significativa da oferta, que supera a quebra da procura.

A título de exemplo:

· A empresa Maia Transportes cancelou 3 carreiras, reduziu as restantes a 2, 3 ou 4 serviços diários. Suspendeu ainda todos os serviços ao sábado e domingo.

· A Empresa de Transportes Gondomarense cancelou 8 carreiras e reduziu a frequência e encurtou percursos nas restantes. Suspenderam todos os serviços noturnos e anunciaram na semana passada o recurso ao Layoff.

· A empresa Espírito Santo cancelou 14 carreiras e reduziu a frequência nas restantes carreiras. Suspenderam todos os serviços ao domingo.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cduriotinto às 23:07


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CANDIDATA À CÂMARA MUNICIPAL DE GONDOMAR


CANDIDATA À JUNTA DE FREGUESIA DE RIO TINTO


GABINETE CDU - GONDOMAR


10 DESAFIOS PARA A DÉCADA