Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

cduriotinto



Domingo, 27.04.08

Assembleia de Freguesia de Rio Tinto

No dia 19 de Abril realizou-se a Assembleia de Freguesia Ordinária.

A CDU apresentou vários documentos à Assembleia para que esta se pronunciasse sobre as mais variadas situações locais e nacionais, destacamos duas, uma referente ao  1.º  de Maio, que foi aprovada por unanimidade, a segunda, que propunha a criação de uma Comissão Eventual para o acompanhamento do traçado do Metro em Rio Tinto, que reproduzimos na integra e que foi rejeitada... com os votos contra do PS e PSD:

PROPOSTA

Considerando que esteve recentemente em apreciação pública o RECAPE (Relatório de Conformidade Ambiental do Projecto de Execução) do Prolongamento da Linha C do Metro do Porto (Antas/Gondomar), no qual se mantém o propósito de fazer coincidir o respectivo traçado com o leito natural do rio Tinto em várias zonas, designadamente na rua da Ranha.
Considerando que tal propósito é contrário aos objectivos de preservação, valorização e requalificação ambiental do centro cívico da mesma freguesia, que devem ser contemplados no Plano de Pormenor em execução.
Considerando que a concretização do traçado previsto significará a persistência de erros graves, impedindo que os terrenos fronteiros ao actual Mercado sejam convertidos em parque de lazer e ocultando uma parte significativa da Ribeira da Castanheira.
Considerando ainda que urge que sejam tomadas medidas para uma efectiva despoluição e requalificação das margens e do leito do rio Tinto.

A CDU propõe que seja criada uma Comissão Eventual constituída por um representante de cada força política representada nesta Assembleia de Freguesia e um representante do Movimento em Defesa do Rio Tinto, tendo em vista o desenvolvimento das seguintes acções:

1. Estabelecer contactos com a CMG, a Metro do Porto e os Ministérios das Obras Públicas e Ambiente tendo em vista a alteração do traçado da linha do metro nas zonas em que conflitue com o leito natural do rio.

2. Estabelecer contactos com a CM Gondomar, a CM Porto, a CM Valongo, a Junta Metropolitana do Porto e a CCRN tendo em vista a concretização da despoluição das margens e leito do rio Tinto no âmbito do QREN.

3. Promover a informação e a discussão da população, através de debates e conferências acerca das melhores soluções para o traçado do metro e para a revitalização do rio Tinto.
 
Os deputados da CDU

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cduriotinto às 17:34


2 comentários

De Carlos Duarte a 27.04.2008 às 22:25

O chumbo da proposta deve-se a uma postura conformada, hermética e incompreensível.
O PS e o PSD admitem que o traçado é mau, mas… que se há-de fazer agora?
Não se acautelou os interesses da cidade, deixou-se “fixar” um traçado de efeitos perversos e descarta-se qualquer rectificação.
Ninguém entende!

De Adelaide Vieira a 29.04.2008 às 00:22

Perturbados com a proposta, descuraram a substância e o conteúdo da mesma.

O que propõem afinal ?

Comentar post



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




adermacchado