Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

cduriotinto



Segunda-feira, 05.07.10

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE RIO TINTO 29-06-2010

Realizou-se no passado dia 29 de Junho a Assembleia de Freguesia de Rio Tinto, que como costume teve início com o Período Reservado ao Público. Neste Período, falaram dois riotintenses, um sobre o lixo acumulado pela cidade e sobre os escombros do antigo mercado de Rio Tinto, salientando o mau aspecto dado a quem vem a esta cidade, outro freguês falou sobre limpezas de matagais junto à sua residência.

Seguiu-se o Período Antes da Ordem do Dia.

O eleito pela CDU iniciou a sua intervenção com uma Declaração, onde abordou a intervenção do Sr. Presidente da Junta no passado dia 21 de Junho quando da realização da Sessão Solene comemorativa do 15.º Aniversário da passagem de Rio Tinto a Cidade, intervenção essa que pautou por uma conduta menos correcta para com o membro da CDU na Assembleia de Freguesia, para além de serem dirigidas a alguém, também eleito pela população de Rio Tinto. Atitudes que não ficam bem a ninguém e muito menos a quem tem a responsabilidade de estar naquele cargo...

Passou-se à fase das Moções.

 

A CDU apresentou quatro, todas elas relacionadas com os problemas que afectam a nossa cidade.

A primeira Moção referia-se à questão das Cheias de 21 de Dezembro, que passados 6 meses não tem, nem fim, nem início à vista, a não ser umas obras de remedeio, pois apenas foram colocadas umas pedras em cima de um colector que continua a despejar os efluentes para o rio Tinto. Esta Moção foi votada por unanimidade.

A segunda Moção relacionava-se com a Linha do Metro e abordava os estragos causados nos Arruamentos envolventes gerados pelo movimento de veículos pesados e outras máquinas. A este propósito lembrava a Moção, que nem sempre a Metro respondeu da melhor forma aos estragos causados durante o período de Inverno, que grandes transtornos causou ao trânsito local. A mesma, evidenciava as claras melhorias e a importância do Metro para a cidade e para o Concelho. Esta foi votada por unanimidade.

A terceira Moção referia-se à ETAR do Meiral e ao seu estado actual, que está técnica e ambientalmente ultrapassada, não cumprindo com rigor a função que lhes está destinada. Esta foi votada por unanimidade.

A quarta Moção era referente ao PEC, e abordava a Proposta de Lei, recentemente aprovado na Assembleia da República pelo PS e o PSD, que contempla uma série de medidas complementares ao Programa de Estabilidade e Crescimento, em que se destaca uma nova redução de 100 milhões de euros nas receitas das Autarquias Locais. Esta Moção não passou, teve a oposição do Partido Socialista.

Também abordamos a questão da Comissão de Acompanhamento das Obras do Metro e do rio Tinto, em que chamamos atenção da Assembleia para certos aspectos que achamos menos claros.

A CDU faz parte desta Comissão, no entanto somos de opinião que o trabalho desenvolvido não é de perto nem de longe aquele para o qual foi criada... Basta lembrar que se não tivéssemos falado (mais uma vez), só em Setembro é que se voltava ao assunto... para dizer o quê?

No Período da Ordem do Dia, foi votada a Acta n.º 2, em que a CDU optou pela abstensão, uma vez que nos elementos recebidos não vinham anexos os documentos apresentados na Assembleia de 28 de Dezembro de 2009.

Também foi analizado e discutido o Relatório de Actividades referente ao 2.º Trimestre 2010.

 

CDU - Rio Tinto

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cduriotinto às 01:04



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




adermacchado